IMPRENSA

Valor Econômico

12/08/19

Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos, vê a possibilidade como um retrocesso. "O mercado lá fora enxerga Brasil e Argentina como mercados parecidos e é preciso atentar para o fato de que muitas  empresas brasileiras exportam e possuem negócios no país vizinho. Eles mal começaram a seguir uma agenda liberal na economia e já estão flertando com um governo populista de esquerda, algo que nunca é bem visto", comenta.

Valor Econômico

11/07/19

O mercado ainda não tem condições de dimensionar qual será o tamanho exato e os efeitos das mudanças que ainda podem ser feitas até a segunda etapa da votação do texto da reforma, diz Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos.

"Estruturalmente, a agenda econômica como um todo está sendo bem tocada e bem vista pelo mercado, mas especificamente hoje o que todo mundo quer saber é a dimensão da desidratação. Será pequena ou grande? Não sabemos, mas o valor já precificado era alto", comenta.

Valor Econômico

17/06/19

A leitura do mercado é de que a demissão de Levy não traz riscos imediatos aos negócios, mas pode representar um risco um pouco maior no longo prazo. "Uma demissão abrupta como essa causa preocupação sobre a manutenção da equipe econômica, justamente aquela que tem uma responsabilidade imensa pela frente. E não falo apenas da reforma da Previdência, mas de todos os outros problemas econômicos", afirma o sócio da Áfira Investimentos, Maurício Pedrosa.

Valor Econômico

05/04/19

Outro que veio à frente após encontro com Bolsonaro foi o presidente do MDB, Romero Jucá. Ele afirmou que a conversa com o presidente foi positiva e que o partido é favorável a uma reforma, mas que questões específicas serão discutidas. "Só o fato de Bolsonaro abrir esse diálogo já é algo positivo, o mercado entende que o presidente está marcando presença e trabalhando pela reforma", afirma Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos.

O Globo

19/03/19

- O nível de 100 mil pontos é resultado da percepção de que o diagnóstico do novo governo é bom e que a proposta de reforma é positiva. Mas, enquanto não houver notícias impactantes sobre o seu avanço, vamos ficar rondando esse patamar - explicou Maurício Pedrosa, estrategista da gestora Áfira Investimentos.    

O Globo

25/10/18

— A Stone registrou uma demanda alta por parte dos investidores, e, por isso, o preço saiu elevado e subiu logo na estreia. Os investidores estão apostando no potencial de crescimento da empresa — avaliou Maurício Pedrosa, gestor da Áfira Investimentos.

O Globo

16/01/18

— Estamos importando fatores positivos para o mercado acionário brasileiro. Os juros lá fora estão historicamente em patamares muito baixos, o que gera apetite nos tomadores de risco globais. Além disso, temos pela primeira vez na história de juro baixa (a Selic está em 7%), o que também é um impulso para quem quer melhor retorno tomando um pouco mais de risco — analisa Maurício Pedrosa, sócio-diretor da Áfira Investimentos.

Valor Econômico

01/08/19

As varejistas são o principal destaque do Ibovespa, que subia 1,97%, aos 103.814 pontos, também em reação ao corte da Selic. "Elas são as primeiras beneficiadas por essa redução que estimula o consumo. Hoje, tudo ajuda: temos um ambiente macroeconômico melhor, inflação controlada, perspectiva de Selic baixa por mais tempo e juros mais baixos no exterior", explica Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos.

Valor Econômico

25/06/19

Para o sócio da Áfira Investimentos, Maurício Pedrosa, a queda generalizada do índice já era prevista. "Não há movimentos muito específicos que puxem o índice para baixo hoje, estamos reféns da política e do cenário externo. Com tantos pregões de alta, havia de fato espaço para realização", comenta.

O Globo

20/05/19

— O mercado está interpretando que o Legislativo vai assumir o protagonismo para tocar o projeto de reforma da Previdência, buscando a aprovação de um projeto robusto mantendo economia em torno de R$ 1 trilhão. E as declarações de Bolsonaro, dando a entender que não quer muito comprar briga, ajudam nessa visão mais positiva — reiterou Maurício Pedrosa, sócio da gestora Áfira.

Valor Econômico

04/04/19

"Só o fato de ele abrir esse diálogo já é algo positivo, o mercado entende que o presidente está marcando presença e trabalhando pela reforma", afirma Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos.

O Globo

18/03/19

Para Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos, os 100 mil pontos são reflexo da confiança do mercado financeiro com o diagnóstico preciso dos problemas da economia feito pela equipe do ministro Paulo Guedes. Mas, diz o analista, será preciso avançar nas soluções, e o Legislativo tem papel fundamental nessa tarefa. Ele avalia que com a aprovação da reforma da Previdência, a Bolsa tem espaço para avançar além do patamar simbólico dos 100 mil pontos.

Na web

17/09/18

Evento que promoveu debate sobre situação econômica brasileira, falou sobre cenário fiscal e produtivo do país é notícia em diversos blogs e portais brasileiros:
- Negócios em Foco: http://bit.ly/2NReZgP
- IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores): http://bit.ly/2MMrXrq
- Abrasca (Associação Brasileira das Companhias Abertas): http://bit.ly/2PMqhjF
- Portal Comunique-se: http://bit.ly/2poFLiG

O Globo

16/01/18

- Certos modelos de negócios já são mais bem compreendidos no exterior porque lá há outros casos similares. Isso acontece com as fintechs e empresas de tecnologia - explica Maurício Pedrosa, gestor da Áfira Investimentos.

Valor Econômico

15/07/19

A economia estimada é de R$ 900 bilhões em 10 anos, número que ainda gera algumas dúvidas para o mercado, aponta Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos. "Alguns investidores já consideram que pode ser um pouco abaixo e devem manter isso no radar até a próxima etapa de votação", comenta.

Valor Econômico

18/06/19

A leitura do mercado é de que a demissão de Levy não traz riscos imediatos aos negócios, mas pode representar um risco um pouco maior no longo prazo. "Uma demissão abrupta como essa causa preocupação sobre a manutenção da equipe econômica, justamente aquela que tem uma responsabilidade imensa pela frente. E não falo apenas da reforma da Previdência, mas de todos os outros problemas econômicos", afirma o sócio da Áfira Investimentos, Maurício Pedrosa.

Valor Econômico

16/05/19

O Ibovespa deve continuar refém do encaminhamento das reformas necessárias. O problema é saber quando será possível encaminhá-las, quando vem a aprovação. Até lá, não vejo nada muito diferente disso", aponta Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos.

Valor Econômico

04/04/19

"É muito positivo que o presidente esteja sentando com as lideranças para discutir o assunto mais importante de sua agenda atual. A sinalização por si só já pode amenizar um pouco o fechamento ruim", observa o sócio da Áfira Investimentos, Maurício Pedrosa. 

O Globo

18/03/19

— Será preciso avançar nas soluções, e o Legislativo tem papel fundamental nessa tarefa, embora os problemas do país não sejam pequenos. Com a aprovação da reforma da Previdência, a Bolsa tem espaço para avançar além do patamar simbólico dos 100 mil pontos — diz Maurício Pedrosa, sócio da Áfira Investimentos.

O Globo

31/01/2018

— Entre as forças que estão empurrando o mercado está um cenário muito benigno de juros lá fora. O mundo está todo em crescimento sincronizado, e as Bolsas estão todas trabalhando em patamares recordes. Aqui, a taxa Selic também está baixa, aumentando o apetite para risco e melhorando o acesso à capital das empresas — explicou Maurício Pedrosa, sócio-estrategista da gestora Áfira Investimentos.

Rua Visconde de Pirajá, 414 | sala 1205

Ipanema, Rio de Janeiro

+ 55 (21) 3579-5859

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social